Seguidores

Alimentação saudável - Macrobiótica

Alimentação saudável - Macrobiótica

Todos os que visitam este blog eu agradeço o carinho e a atenção que me têm dado.

Comunico a todos os interessados que devido a alguns problemas relacionados com saúde a minha alimentação mudou radicalmente e por arrasto também a dos meus familiares que comigo vivem.

Assim, este blog que teve sempre a finalidade de dar a conhecer as minhas receitas confecionadas e fotografadas por mim, de todos os "pratos" que confeciono seja para consumo próprio ou para clientes continua com a mesma finalidade. A mudança é essencialmente a linha saudável de alimentação.

Todas as receitas publicadas anteriormente vão estar sempre disponíveis para quem tiver interesse em consultar. Mas a partir de agora vou postar somente receitas saudáveis que confeciono para o meu lar seguindo a Macrobiótica e ocasionalmente algumas diferentes que me forem solicitadas por clientes. Espero que me continuem a visitar e que apreciem o meu trabalho, eu com muito carinho continuo a disponibilizar para todos as receitas e fotos das mesmas.

Um beijinho e um abraço apertadinho a todos, e o meu muito obrigado.

sábado, 17 de outubro de 2009

Peixe do rio no Forno


Estes são alguns dos peixinhos que o meu marido pescou (Barbos).

Ingredientes:

1 ou 2 peixes do rio - Perca, Fataça(Tainha)ou como neste caso, Barbos
1/2 cebola picada
1 dente de alho picado
1 cebola ás rodelas
2 tomates ás rodelas
100 g de Bacon em quadradinhos ou em fatias
1 kg de batatas aos quartos
sal, pimenta, colorau (paprika)
2 dl de vinho branco
Sumo de 1 limão grande
2 colheres de sopa de azeite
50 g de margarina

Duas horas antes amanhe o peixe e tempere com sal, pimenta e sumo de limão - colocar sumo de limão por dentro na barriga do peixe para tirar o sabor caretristico dos peixes do rio e amolecer as espinhas.
Colocar num tabuleiro grande o tomate e a cebola em rodelas de modo a fazer uma cama para o peixe. Regar com o azeite, colocar o peixe e em redor as batatas. Sobre as batatas distribuir o alho, cebola, temperar com um pouco de sal, pimenta, colorau, e vinho. Sobre o peixe coloque o bacon e colorau. Dispor sobre o peixe e batatas a margarina aos pedacinhos. Asse no forno até ficar tostadinho.
Retire e sirva de imediato com salada.

15 comentários:

  1. Ficou lindo Micas! Super apetitoso! Me lembrou os peixes que minha avó fazia no forno! Bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Que belo peixinho! Belo marido que tu tens! bjinho

    ResponderEliminar
  3. Adoro peixinho assado!!!!
    Este está com um aspecto delicioso!!!!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito de peixe, mas infelizmente cá em casa não se consome assim tanto! Eu gosto dele fresquinho então estou sempre a dizer que vou comprar, mas depois vou adiando e adiando e assim vai-se passando :(

    O teu tem excelente aspecto, e pescado pelo maridinho deve saber ainda melhor! Boa combinação de temperos que escolheste, e com batatinhas no forno é uma delícia :)

    Aproveito para agradecer a tua visita e comentários lá no meu cantinho! E sim, a ver se um dia tomamos o "tal" cafézinho! Haveria de ser muito giro :)

    Beijinhos e bom fim de semana!!

    ResponderEliminar
  5. Que peixinho maravilhoso Micas!!!
    Adorei!

    ResponderEliminar
  6. Ol a´vim ca´para e por cá vou ficar. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Adoro um peixinho no forno! E pescado pelo marido é que era mesmo bom! lol O meu marido até trabalha no rio/mar, mas não pesca nada! lol

    Óh, Micas! Estive a ver o docinho de abóbora à moda das lezírias! O doce deve ser dos deuses!!!! Conta lá a história dessa receita. É de família? Está mesmo lindo! Vou ter que experimentar!

    Quando é que vens novamente a Vila Franca de Xira? Também quero tomar café!!! lol!!!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  8. falta os poejos ou então hortelã da ribeira. fica logo outra coisa

    ResponderEliminar
  9. falta os poejos ou então hortelã da ribeira. fica logo outra coisa

    ResponderEliminar
  10. falta os poejos ou então hortelã da ribeira. fica logo outra coisa

    ResponderEliminar
  11. falta os poejos ou então hortelã da ribeira. fica logo outra coisa

    ResponderEliminar
  12. falta os poejos ou então hortelã da ribeira. fica logo outra coisa

    ResponderEliminar